CALDO RICO DE BELDROEGAS SEM BATATA



Adoro sopa de beldroegas e sobretudo feita com aquelas que apanho nos meus canteiros. Desta vez como ainda não tinha suficientes a minha vizinha do campo ofereceu-me um grande molho que foi inteirinho para esta aqui.
Para quem não souber, esta sopa típica da gastronomia alentejana, é muito simples de fazer e nutricionalmente completa.
Originariamente leva batata e queijo de cabra, mas eu como sou a rapariga das adaptações faço-a ligeiramente diferente substituindo a batata por courgete (uma vez que também leva pão e não há necessidade de sobrecarregá-la com outro amilácio) e o queijo de cabra (que tem um sabor demasiado acentuado) por requeijão.
INGREDIENTES (para cerca de 4 a 5 pratos de sopa)
1 molho grande de beldroegas (depois de arranjados rendem cerca de 400g)
1 cebola grande
4 a5 dentes de alho grandes
azeite
sal
1 requeijão (ou queijo de tofu)
1 ovo p/ pessoa (não é obrigatório)
1 fatia de pão preferencialmente alentejano de cabeça (de Martinlongo ou do Dugueno)
Picar a cebola , esmagar os dentes de alho e levar ao lume para aromatizar o azeite. Juntar as beldroegas para refogarem ligeiramente e, de seguida as courgetes cortadas à rodelas. Cobrir com água juntar sal e deixar o tempo suficiente para estas ficaram cozinhadas.
Entretanto colocar uma fatia de pão (fresco ou torrado) em cada um dos pratos e requeijão desfeito em pedaços. Quando a sopa estiver pronta deitar por cima do pão. Quem quiser pode ainda adicionar um ovo escalfado (eu escalfei a vapor) ou então colocá-lo ao mesmo tempo que o pão pois a água quente da sopa irá escalfá-lo.
Como vêm não é preciso comer mais nada porque esta sopinha só aparentemente simples já tem tudo: legumes, hidratos de carbono, proteínas, lípidos.
Os alentejanos é que sabem...

9 comentários:

ameixa seca disse...

Eles sabem-na toda :) Eu cá só não dispensava o sabor forte do queijo de cabra... adoro :)

Mary disse...

N aminha territa natal também existem as beldroegas, mas francamente nunca as provei ou usei na culinária!
Basta uma colherada nesse caldinho para experimentar...:)

Sandra G disse...

Nunca tinha ouvido falar de beldroengas, mas se é verde eu gosto.Ao contrário de voçês eu adoro queijo de cabra.

Beijinhos

gasparzinha disse...

Eu adoro sopa de beldroegas, mas faz um bom tempo que não como.
Recorda-me as férias que passava com uma amiga em que a avó dela fazia muitas vezes. Era tão boa!

Margarida disse...

Tu sabes lá o que eu dou por uma boa sopa de beldroegas?? Adoro!! Infelizmente é raro encontrá-las cá no mercado. Mas olha que qualquer dia aindas as planto no meu canteiro. Dão-se bem?
beijocas

leonor de sousa bastos disse...

Olá Isabel!

Não conhecia essa sopa típica alentejana mas adiro imediatamente ao grupo de fãs!...:)

Esse ovinho no meio do prato é a minha perdição...:)

Beijo!

Canela disse...

Eu adoro a tradicional,mas de certeza que comia esta!
Faço sempre com pão e batata,mas tambem só como um deles....Bela lembrança!
Bj

Verdinha disse...

Elah... adorei o aspecto desta sopa... mas alguem me diz o que sao beldroengas????

Não conheço, mas até parece que já gosto! :D

Abóbora Amarelinha disse...

nunca fiz sopa de baldroegas, e tambem tenho aqui aos montes,a vizinhança toda faz, mas a mim não me dá para fazer, como tambem tenho os espinafres a granel, prefiro de espinafres, tenho que experimentar...
beiiiiiiiiiiiiiiiiijos