DOCE DOS TRÊS AMARELOS






A ideia surgiu-me este fim-de-semana quando depois de "inspeccionar" os vários frutos das minhas "plantações" descobri que a minha trepadeira das framboesas amarelas estava já com uma produção razoável para vos fazer esta surpresa (não direi a cereja no topo do bolo...mas as framboeasas no topo do doce...neste dia amarelo) .

Fiquei logo com a cabeça " a mil"...No sábado fui a correr para a despensa e descobri um pacote de sêmola de milho (outro amarelo...) e fez-se um click!
Resolvi inventar um polenta doce...adicionando água e um pouco de sumo de laranja (cerca de 1/2 l no total), a 120 g de sêmola , um pouco de manteiga (1 colh. de sopa) levando ao lume até engrossar. No final adicionei 2 colh. de sopa de mel de flor de laranjeira e nozes picadas. Deitei num pirex rectangular untado com um pouco de manteiga. Alisei e deixei arrefecer. Depois de fria, desenformei a polenta para uma tábua de cozinha e cortei-a em formas redondas com a boca de um copo (no campo não existem acessórios sofisticados...).

Depois verifiquei que me tinha esquecido do pin e do cd de instalação da internet (tmn)...grrrr!

Resolvi desistir e não participar no dia amarelo...

Mas...quando passeava em Tavira...descobri uma loja de informática de um francês (sim...tudo é possível) que conseguiu resolver-me o problema...o que me ocupou a tarde toda.

Resolvi guardar a polenta (já cortada) e apanhar as framboesas já maduras e rezar para que conseguisse chegar a tempo no Domingo...

Cheguei bem tarde...Foi descarregar o carro com montanhas de produtos do campo (batatas, laranjas, ovos, espinafres, acelgas, nêsperas, limões, ramos de rosas das minhas roseiras, salva, hortelã pimenta, salsa, pernadas de lúcia lima ...e começar a fazer o molho custard a cem à hora...com a família toda a pensar que tinha uma mãe chanfrada.

(levei ao lume num tacho mexendo até engrossar: 3 c. de sopa de açúcar amarelo, 2 c. e 1/2 de custard, casca de 1 limão, 1 pau de canela, 2c. de sopa de manteiga vegetal, 500 ml de leite de soja,feito em casa na sexta-feira).

Depois de ter arrefecido (rapidamente) numa taça com água e gelo fiz uma "sanduiche" tripla com os círculos da polenta e decorei com as framboesas (previamente lavadas e escorridas).
Aqui está o "grande plano"...


Já provei...ficou muito bom se descobrirem umas framboesas iguais acreditem que vão causar frisson...

35 comentários:

ameixa seca disse...

Mas o dia amarelo não é hoje, é só dia 17 :)
Nunca tinha visto franboesas amarelas. Que giras que ficam!
Bela receita!

borboleta africana disse...

Pois é...só constatei isso depois de ver que não havia mais nenhum "amarelo"...LOL ...já avisei a "chefe" Mary da minha "distração"...é o que dá fazer mil e uma coisas ao mesmo tempo e querer cumprir prazos...neste caso até antecipei (dahhh...!).Para a próxima pode ser que descubra maçãs azuis quem sabe...

argas disse...

:D Que pena não ter ficado para o dia amarelo! Fica realmente lindo!

RUTE disse...

Bom, com dia amarelo ou sem dia amarelo, o que é facto é que ficou espetacular!!!!! E foste a 1ª!!!

Framboesas amarelas!!! Isso existe??? Onde foste tu desencantar um arbusto de framboesas amarelas? Eu também quero uma coisa dessas para a aldeia!

Este fds pensei em ti por causa da amendoeira enchertada. Estive para ligar a pedir se não me trazias uma do algarve. Mas depois também me passou.

É alzheimer é. A mim atacou-me mais cedo do que a ti :-)) Andas muito acelerada... (a antecipar o dia amarelo 1 semana!).

Beijokas e parabéns pelo teu Domingo amarelo. "Natal" é mesmo quando um homem quiser!

RUTE disse...

Voltei para dizer que só agora é que li com atenção a saga do teu dia amarelo!! Desgraçada!

Foi um dia muito sofrido mas é impressionante a facilidade com que inventaste uma receita tão artistica. O grande plano está magnifico: 3 amarelos equilibradissimos. Espantoso!

sandraf disse...

De repente entrei em pânico! Dia amarelo?! Hoje?! Dizem que as mulheres conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo... o que se passou comigo?! E agora, nem sequer pensei no que vou fazer...
Bela ideia a da polenta doce, ficou com um aspecto delicioso.
Bjs

Margarida disse...

Safa.. o teu dia amarelo fica para recordar! Eeheh! podias ter-me ligado e ías lá a casa postar a receita... Eu estive fora e só regressei no domingo à tarde e não te liguei porque pensei que a essa hora já estivesses de regresso.
Mas deixa-me que te diga, essas framboesas amarelas foram mesmo a cereja no topo do bolo. Não imagino o sabor mas deixa-me a tua morada que eu dou lá um salto para ir roubar uma.. ; )
Quando vieres de novo diz! Andamos mesmo desencontradas.
Excelente participação.. antecipada! ehehe
beijinho e boa semana

leonordesousabastos disse...

Olá!!

Fartei-me de rir com essas aventuras e desventuras. Às vezes, isto de termos um blog faz de nós umas loucas!Eeheheh!

Vi muito poucas vezes framboesas amarelas! São giríssimas e ficaram a matar com a polenta e o custard...esse dia amarelo foi um autêntico 3 em 1 e o esforço valeu bem a pena!:)


Um dia tenho que provar uma sobremesa vegan...fico curiosa!:)

Beijinhos!

gasparzinha disse...

eu acho que ficava amarela de raiva depois de tanto stress...
O dia amarelo é para a semana! :)

Mas as framboesas são fantásticas.
e o que dizer da foto: fantástico!! :)

Isabelocas disse...

Bem que gostava de ter essa imaginação.., resultou numa sobremesa fantástica.
Framboesas amarelas não conhecia.

Isabel Pisoeiro disse...

Uau que espectáculo, ficou o máximo, parabéns!! :)

Gina disse...

Não conhecia essas framboesas amarelas e achei muito fofinhas. Parabéns pela sobremesa!
Bjs.

Edilia disse...

Esta sua sobremesa está maravilhosa.
Você se saiu muito bem,parabéns.
Edilia

Isa Lourenço disse...

Fiquei água com essas framboesas e esse doce então.....
Bjos

Mary disse...

Foi a Tina que mos enviou (tb enviou à Rute), são secos, já vi com bacalhau no blog dela, mas gostava de inovar, gostei muito da tua sugestão! :)

risonha disse...

nunca na minha vida eu tinha visto framboesas amarelas.
esse doce ficou lindo!

Hortagram disse...

Fiquei AMARELO só de vêr... e não é que estou com água na boca? Ai os açucares... já sinto a glicémia a subir! Parabéns!!!

Susi R disse...

Framboesas amarelas??? espectáculo! Estou curiosa quanto ao sabor.
A receita tem um aspecto óptimo.

conceicao disse...

A receita tem um aspecto fabuloso. Não conhecia framboesas amarelas. Parabéns pelo blog. Conceição

Anónimo disse...

E depois dessa aventura,ficou lindo esse docinho,lindo assim como deve estar delicioso.
Por acaso nunca vi franboesas amarelas,mas são bonitas.

bjs

leonor de sousa bastos disse...

Olá!!!

Vim aqui para te dizer que consegui apanhar 5 professores meus reunidos e "ataquei" com a pergunta do iogurte!
Ficaram todos a pensar e a lançar ideias mas nada que permita fazer um iogurte no verdadeiro sentido da palavras, ou seja, não é possível fazer um iogurte com sabor a iogurte e consistência de iogurte sem usar nenhum producto de origem animal.
Surgiu o keffir, leite de sésamo, leite de frutos secos coalhado com Agar-agar....falou-se ainda em tofu, soja ou outros tipos de gelatinas mas, segundo a opinião de todos eles, não existe aquilo que procuras!

Um beijinho!

Leonor

borboleta africana disse...

Leonor

Foste uma querida teres-te dado a tanto trabalho de investigação. Isso é que foi pôr a cabecinha dos "profs" a trabalhar...
Parece que chegaram à mesma conclusão que eu, isto é: os vegans não podem comer iogurtes de soja porque como a soja não tem lactose precisa de um fermento de origem animal.
Agora podemos obter produtos similares (mas que em rigor são apenas sobremesas e não verdadeiros iogurtes) com agar -agar.
Beijocas!

Fátima disse...

Essa sobremesa ficou fantástica, pena que aqui no Brasil é difícil encontrar framboesas vermelhas,imagina amarelas!!!

Sónia N. disse...

Está lindo!! Nunca tinha visto nem ouvido falar em framboesas amarelas, vou ter de encontra uma plantar no quintal dos meus pais.

Bjinho

Mad disse...

Isto está fantástico e lindo!

Por amor de deus, onde é que se arranja um pé (ou sementes) de framboesas amarelas, que são absolutamente assombrosas? Compram-se onde? Se eu não conseguir comprar consegues arranjar-me sementes?

Manuela © disse...

Hoje é que é o Dia Amarelo! :D

Essas framboesas são o máximo. Vamos lá a ver se arranjas frutas assim coloridas para as outras cores hehe

Beijinhos e bom fim de semana

Cláudia M. disse...

É caso para dizer que foi uma semana amarela! Isso é que foi uma aventura!
Está espectacular, este doce. Tb não conhecia as framboesas amarelas, são muito bonitas.
Está uma tentação!
Bjs

Moira disse...

Uma sobremesa de aspecto fantástico, nunca fiz polenta mas fiquei com vontade.
Framboesas amarelas são muito boas, só as consigo encontrar em Trás-os-Montes, assim como amoras brancas e cerejas completamente brancas. Uma delícia!
Beijinho
Moira

Patanisca disse...

Nunca tinha visto framboesas dessa cor. Que prato fantástico!! Parabéns e bom dia amarelo :)

Ricardo disse...

Wow este tem mesmo de ganhar o meu voto, que delicia que amarelinhos esta e que frutos são esse bem amarelinos quase que parecem morangos amarelos (não digas eu sei que frutos são) adorei mesmo. jinhos doces como esse doce aí :) xx Rico.

Mary disse...

Adorava provar esse doce cremoso que me assedia os olhos!
Ficou lindo, bem amarelinho e original!
Amiga, mais uma participação de arraso!

borboleta africana disse...

Mad moras em Lisboa? Se conseguir uma muda da minha framboeseira e encontrar nos mercados podia entregar-te.
Às outras meninas e menino (o Ricardo...)obrigada por terem aturado esta receita "antecipada" .
Moira pelos vistos eras a única que conhecia estas framboesas. Sabes que tenho uma costela (paterna) transmontana?
Estes dias coloridos têm causado uma agitação em todos os blogues. Parece a "movida" gastronómica!

Talita disse...

Que lindo ficou seu doce pro dia do amarelo! Nunca tinha visto framboesas amarelas.

Canela disse...

O que me ri a ler estes comentarios!
Tu antecipaste-te com esta receita magnifica e eu nao consegui postar a minha torta de azeitão marelinha,fiquei sem pc,mas recorri ao plano B um gelado.
Deve ser da hora mas no meio desta conversa toda de framboesas amarelas(que por sinal há anos que não as vejo),a Mary desata a falar de bacalhau?
Bj

borboleta africana disse...

ah ah ah ah...que saudades eu tenho disto...