BAGELS AO PEQUENO-ALMOÇO



Hoje apeteceu-me repetir esta receita que já tinha experimentado há uns anos e que nunca cheguei a publicar (as fotos são dessa altura).
Apesar de actualmente serem associados ao pequeno-almoço dos Nova Iorquinos são originários dos judeus da Europa de Leste.
Pessoalmente adoro comê-los torrados. Basta retirá-los directamente do congelador (onde foram guardados já cortados ao meio) e introduzir na torradeira. A sua textura característica (exterior brilhante e esponjoso e interior denso e tenro) resulta do facto de serem previamente escalfados em água antes de irem ao forno.

O único local onde se encontram à venda (na versão simples e com sementes) , pelo menos que eu saiba, é na padaria do Corte Inglés. Mas não há razão para não se poderem fazer em casa, sobretudo porque a receita que aqui trago também pode ser adaptada às Máquinas de Fazer Pão utilizando-se o programa Massa, o que reduz consideravelmente todo o processo de preparação.

INGREDIENTES

500 g de farinha  de espelta
1 1/2 c.de sopa de açúcar
350 ml de água
2 c. de chá de fermento seco (ou 15 g de fresco)
1 1/2 de chá de sal
sementes de sésamo e de papoila q.b. para polvilhar

Misturar o fermento e o açúcar com 100 ml da água numa taça. Aguardar cerca de 5 min. Deitar a farinha para uma taça grande e envolver o sal. Fazer uma cova no centro e verter a água com o fermento. De seguida, adicione mais 125 ml da água e misture bem com a farinha. A restante água vai-se adicionando gradualmente até obter uma massa firme e húmida.
Deitar a massa numa superfície de trabalho polvilhada de farinha. Amassar cerca de 10 min. até ficar macia e elástica. Se necessário adicionar mais farinha para amassar melhor.
Formar uma bola e colocar a massa numa taça untada, virando-a para a revestir. Cobrir com um pano de cozinha. Deixar levedar cerca de 1h ou até duplicar de tamanho. Retire da taça e deixe em repouso mais 10 minutos. Cortar em 8 pedaços. Tender cada pedaço numa bola. Inserir um dedo enfarinhado no centro de cada uma, esticando e alargando esse buraco.
Colocar os bagels num tabuleiro de ir ao forno levemente untado (uso um tapete de silicone). Cobrir com um pano húmido e deixar descansar durante 10 minutos. Entretanto levar água a ferver numa panela grande e quando começara ferver reduzir o lume. Deitar dois bagels de cada vez, nessa água, com uma escumadeira, e ferver cerca de 1minuto até subirem à superfície, virando-os uma vez. Retire e deixe escorrer num tabuleiro de rede ou grelha.
Tranferir os bagels escorridos para o tabuleiro de ir ao forno, pincelar com água (ou clara de ovo) , polvilhar com as sementes e levar a cozer durante 20 minutos em forno pré-aquecido a 200º-220º até ficarem dourados.

13 comentários:

Sandra Batista disse...

Adoro bagels, ficaram perfeitos! Vou levar a receita comigo ;)
Beijinhos

Ameixinha disse...

Nunca provei mas tenho algumas receitas para testar, coisa que nunca chega a acontecer, sei lá eu porquê! Têm muito bom aspeto :)

Susana Gomes (Gasparzinha) disse...

Sempre tive vontade fazer, mas acaba por ficar sempre para depois.
Ficaram lindos! :) Apetece mesmo.
Bjs

Sandra G disse...

Nunca fiz, nem nunca comi!!Enfim há tanta coisa que nós queriamos experimentar que acabamos por adiar!! :)


Bjs

luci disse...

vim conhecer seu cantinho e adorei

Anónimo disse...

Parecem óptimos!! Na rua do Alecrim, a Quinoa tem uns bagels óptimos....e os croissants tb são o máximo...já os comi quentinhos a um sábado de manhã..e é de chorar por mais!! Recomendo vivamente uma visita se gostas de bagels! :))) (vou experimentar esta receita e congelar...parece-me óptimo torrado)

borboleta africana disse...

Olá "Anónimo"(a?) :)...não conheço a Quinoa ...ainda...mas agora vou ter mesmo que ir lá fiquei curiosa. Bjs

biga disse...

Estou fascinada por este espaço.Hoje fiz pão de espelta com sementes de girassol.Muito Bom. Todos os dias venho cá conhecer um bocadinho. Conheci as vossas outras casas....mais fascinada fiquei...quase senti a atmosfera,os sons e os cheiros da natureza.Também «soube» que estiveram nos açores...a minha «casa».
Parabéns.

borboleta africana disse...

Olá Biga, ainda bem que gostou...
Adorei os Açores, fiquei com muita vontade de lá voltar e conhecer todas as outras ilhas. Bjs

Pammy Sami disse...

Olá! Não conhecia o teu cantinho, mas fiquei contente por ver por aqui tanta iguaria vegetariana :)
Vou passar mais vezes concerteza!
*

Salsa Verde disse...

Ando para fazer há tempos, mas vou sempre adiando por preguiça...
Beijinhos e bom fim de semana,
Lia.

Anónimo disse...

KitKat likessssss this <3

Margarida e Jorge disse...

Adoro bagels! E este têm um optimo aspecto.
Tentei uma vez fazer e não sairam bem, desde ai vejo cada vez mais receitas interessantes como esta mas nunca mais tive coragem de experimentar.
Talvez um dia :)