CARIL DE SOJA COM VEGETAIS E CAJU



Depois de fazer um strogonof de frango com cogumelos ( que toda a gente sabe fazer e por isso me abstenho de mostrar) como alternativa para minha pequena "artista", resolvi acabar com o resto do pacote de nacos de soja e começar a atacar em força as couves-de-bruxelas que ainda andam e andarão cá por casa...
Utilizei os seguintes ingredientes:


1 cháv. grande (almoçadeira) de nacos de soja

1 cháv. grande de couves de bruxelas

1 cháv. pequena de ervilhas

4 tomates pelados (de lata)

1 cebola média

2 dentes de alho grandes

1 maçã reineta

1 colh. de sopa de caril indiano

1 colh de sopa de ghee *

1 caldo de vegetais biológico

1 cháv. pequena de cajú cru e sem sal

1 lata de leite de coco

1 pacote de natas de soja light


Para acompanhar fiz arroz Maharani que é muito saboroso e sobretudo óptimo para diabéticos (porque tem um índice glicémico muito baixo) e se pode encontrar nas grandes superfícies. Normalmente aproveito as promoções para comprar em grandes quantidades. Também se pode utilizar o arroz basmati ou outro.


Primeiro cozi as couves de bruxelas com um pouco de sal (não esquecer de tirar as folhas exteriores e fazer um corte em cruz no pé) e hidratei os nacos de soja levando-os ao lume com o caldo de legumes cobertos com água. Ao fim de 10 min. desliguei ambos os lumes e escorri as couves e a soja.

Depois comecei a refogar (muito ligeiramente) a cebola picada e o alho e juntei a soja ( espremer bem) deixando apurar um pouco. Adicionei o tomate, a maçã (descascada e ralada) e as ervilhas (das congeladas), polvilhei com metade da quantidade de caril e do leite de coco e envolvi bem. Tapei o tacho (manter sempre o lume baixo) e deixei as ervilhas cozer cerca de 8 min. Ao fim desse tempo juntei as couves de bruxelas (cortadas ao meio para absorver bem os sabores do molho) e o resto do caril e do leite de coco e as natas de soja, misturando tudo com cuidado para não desfazer demasiado as couves. Não foi necessário adicionar sal. Já com o lume desligado juntei o cajú (previamente tostado numa frigideira sem gordura).


O arroz foi polvilhado com sementes de sésamo pretas.


Por hábito e gosto junto sempre (no prato) algumas passas de uva cujo sabor combina na perfeição com o ligeiro picante do caril.

*Ghee - manteiga usada na alimentação indiana.. É uma manteiga clarificada e purificada, livre de todos os seus resíduos lácteos. A água e os elementos sólidos do leite foram removidos pelo aquecimento lento e pela filtragem. Pode preparar-se em casa a partir da manteiga sem sal. A minha foi comprada no mercado de Alvalade (Lisboa) numa banca de produtos indianos.

8 comentários:

ocozinheirodatreta disse...

Então não é que tenho uma folha de couve igálzinha a essa, com colher e tudo? Qu'é isso de andar a copiar o je? ;)
Excelenre receita, tudo o que meta nacos e soja, além de tudo o resto (com excepção de alguns ingredientes indianos), tá no top!
Não sabia essa do arroz para diabéticos. Amanhã já vou investigar se existe por aqui nas Amoreiras.
Bjs e bom FDS

RUTE disse...

E eu não sabia essa da manteiga de ghee.

Gostei do prato. Embora não goste muito dos nacos grandes de soja. Sou mais apreciadora da soja fina ou média (uns nacos mais pecaninos).

Obrigada pela receita. Bjinhos.

Mary disse...

Sojinha com caril deve ser bem bom! Sabes que produtos para diabéticos é que eu consumo? Xiclates!!!
Quando passo na Hussel, trago um pequeno fornecimento de chocolatitos para diabéticos, tem muita variedade, mas sou fã dos recheados com mmorango e avelãs...(pronto! Agora tenho de passar lá este FDS!)...:)

ameixa seca disse...

Belos nacos, já nem me lembro de comer. A minha mãe insiste que lhe parece comida de cão! Achas normal?

borboleta africana disse...

Olá menino e meninas

Apok@lypsus, sabes, adoro este tipo de loiças (Bordallo Pinheiro e similares)e nem sempre tenho oportunidade de usá-la. Desta vez achei que combinava mesmo bem com o tipo de comida. Ficou giro não achas?

Rute, a ghee é muito mais saudável que a manteiga normal e também pode ser feita na versão vegan.
Olha não me esqueci do que tinha prometido...o problema é que não estou a conseguir enviar-te as fotos (até já tentei através dos meus 2 emails).De qualquer forma acho que vou acabar por publicá-las no novo blog que já criei (por enquanto ainda só existe o esqueleto...) e que se chama as minhas mãos verdes.Depois poderás ir lá sempre dar uma espreitadela.

Mary, cá em casa (excepto eu) são todos uns viciados em chocolate. Costumo comprar aqueles que têm uma maior percentagem de cacau e menos leite. Mas se der dos outros...marcha tudo...até faz impressão.

Ameixinha de Braga...convence a tua mãe que vale a pena...se ela quiser dou-lhe algumas dicas.

Agora vou à Fil para ver se fico a conheço (in person) a Margarida do Figo Lampo.

Beijos grandes a todos

Manuela © disse...

Tenho uns nacos de soja ali por utilizar, não sei é se convenço o meu "mais que tudo" a comê-los num caril. A mim parece-me perfeito! :)

mesa para 4 disse...

Ficou mesmo apelativo e adoro o prato onde foi servido...beijinho

Isabelocas disse...

Eu comprei manteiga ghee, mas tenho utilizado muito pouco, sabes se depois de aberta qual o tempo de validade?
Bjs